Carreira fabio_800px

Sobre a mesa, os sonhos e a conquista dos objetivos

Um dia, ainda criança, um bom tempo atrás, eu me lembro de estar na sala em que meu pai trabalhava, em mais um daqueles dias em que eu pedia para ir trabalhar com ele. Lembro-me muito bem da sua mesa, dos papéis e documentos para assinatura, da sua cadeira “imponente” aos meus olhos e de toda aquela responsabilidade que estava nas mãos do meu pai – o que me confirmava ainda mais aquela imagem que eu já tinha de ele ser um super-herói.

Lembro-me também do meu desejo de, um dia, quando eu fosse adulto, ter uma mesa daquelas, cheia de papeis, com coisas para eu resolver e o telefone tocando toda hora. Não sei por quais motivos, mas eu achava aquilo sensacional, e ter a minha mesa se tornou quase que um objetivo de vida…rs.

O tempo passou, eu cresci, as responsabilidades vieram e quando me dei conta, eu estava diante da minha primeira mesa de trabalho. Era uma mesa meio improvisada, afinal, a minha contratação não estava nos planos da empresa – mas mesmo assim, aquilo era um orgulho para mim. Fui trabalhar em outro lugar e, dessa vez, fui presenteado por uma bancada em que eu compartilhava o mesmo espaço com mais duas pessoas – uma ótima experiência também.

Vocês devem estar se perguntando se finalmente realizei meu sonho e se me dei por satisfeito com essas duas experiências. E a resposta é NÃO.

Na verdade, por mais que eu tenha estudado, trabalhado e sonhado para ter a minha mesa de trabalho como a do meu pai, toda vez que eu estava diante dela, um sentimento de agonia despertava em mim. O motivo? Não era aquilo que eu esperava para a minha vida.

A minha experiência citada acima, é um ótimo exemplo que vejo hoje sobre a importância de respeitarmos nossa história, nossos desejos e sonhos – e ao mesmo tempo, aceitarmos que às vezes, o caminho da nossa jornada possui curvas, lombadas e terrenos pouco explorados. Quando me dei conta que o meu lugar era longe daquelas mesas cheias de papeis e telefones tocando o dia todo, tudo fez mais sentido para mim.

Estar alinhado com o nosso momento pessoal e profissional, com os nossos valores e missão de vida, nos faz enxergarmos possibilidades em situações talvez pensadas como impossíveis de resolvermos. Hoje tenho várias mesas de trabalho – no meu home office, em cafés, embaixo de uma árvore do parque, e isso me faz feliz… como se eu estivesse realizando aquele mesmo sonho de criança, mas da minha forma, com a minha letra e com as experiências que eu vou adquirindo ao longo do tempo.

O que te faz brilhar os olhos?

Qual é o seu maior sonho?

Quais são os seus valores?

Desenhe a sua história respeitando seus valores e também a sua experiência de vida!

 

 

Fabio Procópio

 

About The Author

Fabio Procópio

Fábio Procópio é formado em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas pela Unesp e Coach profissional pela Academia Brasileira de Coaching (ABRACOACHING) com certificação internacional Behavioral Coaching Institute (BCI) . Fundador do projeto "Mulheres Pró- Coaching, em Ribeirão Preto - SP. Para saber mais, acesse: www.fabioprocopiocoach.com - facebook.com/fabioprocopiocoach ou envie um e-mail para contato@fabioprocopiocoach.com