Dog autoestima

Maestro… qual é a música?

O SINAEM não surgiu do nada. Além da nossa vontade em levar vários conteúdos para o maior número de mulheres, o 1º Simpósio Nacional sobre a Autoestima da Mulher tem um significado pessoal. Assim como todas as mulheres, eu também passei por alguns momentos difíceis em que eu não acreditava muito em mim e em meus potenciais.
Nestes momentos, sempre tive na música um certo refúgio às minhas dúvidas e lamentações. Inspirada por batidas, melodias e acordes, mergulhei cada vez mais na pesquisa sobre músicas com letras que, de fato, me ajudariam a sair daquela situação em que me encontrava.

Foi quando me deparei com uma música, que na verdade eu já conhecia há algum tempo, mas que nunca tinha prestado muita atenção em sua letra. A música era “Eu me amo”, da banda Ultraje a Rigor.
Após ouvir dezenas e dezenas de vezes, me interessei pela história da composição dessa letra, que tanto me motivara em um momento importante de minha vida. Entrei em contato com o Roger, vocalista da banda e autor da música, e o mais legal foi que, prontamente, ele me respondeu o que o motivou e o inspirou a escrever essa música, que já se tornou quase um hino para mim.

Veja a resposta dele:

“Escrevi essa música em 84. Eu costumava ler livros de psicologia, especialmente os de análise transacional. Foram precursores dos livros de auto-ajuda, falavam do lado psicológico das relações. Livros tipo Eu estou OK, você está OK. Também era comum na época adesivos do tipo I (coração) NY, por exemplo. Tive a idéia de fazer um adesivo I (coração) myself e depois de fazer a música. Meu ponto de partida foi satirizar músicas românticas que, segundo o livro, eram auto depreciativas. Coisas como “não posso viver sem você, sem você não sou ninguém, não existo sem você” etc. Foi assim que a escrevi”.

Bacana, não é? Saber que as músicas também são baseadas em histórias de vida e também em histórias e teorias que estão nas páginas dos livros. Isso significa que nós também podemos criar nossas próprias histórias, melodias e as letras da canção da nossa vida.

OUÇA A MÚSICA:

Que esta música também te inspire e te leve a se amar. Amar no sentido profundo da palavra, como se sente, se diz e se pratica.

Beijo no coração! 😀

About The Author

Karina Flôr

Idealizadora do projeto SINAEM, bancária, formada em jornalismo. Aprendeu a dizer "Não" e hoje é apaixonada por sua criança interior.